Baixos níveis de vitamina D em crianças associados à gravidade do eczema

A dermatite atópica ou eczema é uma doença de pele alérgica, inflamatória, crônica, não shutterstock_100439896-300x200contagiosa e que causa muita coceira. A pele de um paciente com eczema reage anormalmente à substâncias irritantes, alimentos, poeira, ácaros, pólen e outros alérgenos tornando-se vermelha, escamosa e com muito prurido. A pele torna-se também vulnerável a infecções bacterianas.

Nas últimas décadas, eczema tornou-se dramaticamente mais comum, especialmente entre as crianças. Atualmente afeta quase 20% de todas as crianças e até 3% dos adultos nos países industrializados, a sua prevalência nos Estados Unidos sozinho quase triplicou nos últimos 30 anos.

Já escrevi sobre isso antes:

Dr. Aysegul Akan e colegas em Ancara, na Turquia, realizaram um interessante estudo de 74 crianças com eczema, cujos níveis médios iniciais de vitamina D foram de cerca de 11 ng/ml. Eles realizaram um estudo transversal, observando vários fatores em apenas um período de tempo.

Akan A, Azkur D, Ginis T, Toyran M, A Kaya, E Vezir, Ozcan C, Ginis Z, Kocabas CN. Níveis de vitamina D em crianças estão correlacionados com a gravidade da dermatite atópica, mas apenas em pacientes com sensibilidade alérgica. Pediatr Dermatol 7 de janeiro de 2013.

Os autores realizaram testes de pele nas crianças para verificar a sensibilização alérgica. E também as agruparam quanto à gravidade do seu eczema como leve, moderada ou grave.

Eles descobriram que em crianças com testes cutâneos positivos, aqueles que foram sensibilizados, níveis de vitamina D são correlacionados inversamente com a gravidade da dermatite atópica, menor o nível de vitamina D pior a eczema. A vitamina D não foi correlacionada com os níveis de IgE total ou percentagem de eosinófilos em nenhum grupo.

Se o seu filho tem eczema, comece a lhe dar vitamina D3, cerca de 1.000 UI para cada 12 quilos de peso corporal por recomendações do Vitamin D Council. Quando você calcular a dose arredonde para cima; assim uma criança com 13 kg tomaria 2.000 UI/dia e uma de 25 kg tomaria 3.000 UI/dia. Pode demorar um pouco – vários meses – mas com base nas evidências que temos hoje, o eczema deve melhorar com o tempo.

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte Vitamin D Council

Anúncios

4 comentários sobre “Baixos níveis de vitamina D em crianças associados à gravidade do eczema

  1. Pingback: A deficiência de vitamina D associada à alergia em lactentes | Vitamina D – Brasil

  2. Pingback: Novo estudo revela deficiência de vitamina D associada a diarreia, vómitos, dores de ouvido e febre | Vitamina D – Brasil

  3. Pingback: Os benefícios da vitamina D na urticária crônica: um estudo randomizado | Vitamina D – Brasil

  4. Boa noite!

    Em mais uma noite mal dormida do meu filho e minha, naturalmente, encontrei este site com depoimentos de cura da dermatite atopica com vitamina D.
    Gostaria de saber aonde encontro especialista no Rio de Janeiro que possa receitar a dose certa para ele. Meu filho tem 4 anos, pesa 21 kg. E por minha conta há 3 dias passei a ministrar 2500 ui da vitamina D líquida (marca Depura). Mas tenho receio que não seja a dosagem certa, e ainda que possa prejudica-lo. Uma vez que não está fazendo acompanhamento médico.
    Por favor, se possível nos auxiliem.

    Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s