Vitamina D: Proteção contra danos ao DNA

Como os leitores devem saber, acredito que uma das funções mais importantes da vitamina shutterstock_75447187D, recentemente descoberta, é o seu papel no reparo do DNA . A falta de reparo no DNA muitas vezes provoca mutações pontuais, como as vistas no autismo.

Reparação do DNA é uma coleção de processos pelos quais uma célula identifica e corrige os danos às moléculas de DNA que codificam o seu genoma. Em células humanas, ambas as atividades metabólicas normais, como oxidações do metabolismo aeróbico e fatores ambientais, como a radiação, causam danos ao DNA. Isto resulta em cerca de um milhão de lesões individuais de DNA por célula, por dia.

Muitas dessas lesões causam danos estruturais nas moléculas de DNA e podem alterar ou eliminar a capacidade da célula de copiar o código genético do DNA  afetado. Outras lesões induzem mutações potencialmente perigosas no genoma da célula, o que afeta a sobrevivência de suas células-filhas quando ela sofre divisões e multiplicações. Portanto, o processo de reparação está constantemente ativo, uma vez que responde aos danos na estrutura do DNA. Quando estes processos falham e quando a morte celular normal (apoptose) das células danificadas não ocorre, ​​podem ocorrer danos celulares irreparáveis.

Recentemente, o Dr. H Dorota Halicka e colegas do New York Medical College, revisaram a literatura sobre o papel da vitamina D no reparo do DNA e conduziram um experimento em células do cólon para verificar se vitamina D ativada reduziria os danos ao DNA.

Halicka HD, Zhao H, Li J, Traganos F, Studzinski GP, Darzynkiewicz Z. Attenuation of constitutive DNA damage signaling by 1,25-dihydroxyvitamin D3. Aging (Albany NY). 2012 Apr;4(4):270-8.

Os autores relatam o seguinte:

  1. Três estudos recentes utilizando perfilamento genético “revelaram que os genes de reparação do DNA estão, entre um grande número de genes cuja transcrição é induzida pela vitamina D ativada.”
  2. “Há ampla evidência de que a vitamina D ativada fornece proteção contra dano oxidativo ao DNA.”
  3. Vitamina D ativada regula diretamente um antioxidante essencial, a tioredoxina redutase.
  4. “Uma outra proteína antioxidante induzida pela vitamina D ativada é o superóxido dismutase.”
  5. Os autores descobriram que a vitamina D ativada diminuiu os danos no DNA em células do cólon.

Como os leitores sabem, a reparação do DNA é essencial para a sobrevivência da espécie. Tal reparação também ajuda a garantir que se viva neste mundo durante o tempo geneticamente atribuído, em vez de morrer jovem de uma das centenas de doenças reforçadas pela reparação defeituosa do DNA.

Os leitores também estão cientes de que a maior parte da genética replicada encontrada no autismo são evidências de mutações pontuais, um sinal revelador de reparo defeituoso do DNA. Esta é uma das razões pelas quais eu acredito que a epidemia de autismo tenha sido desencadeada por deficiências gestacionais de vitamina D e no início da infância. A falta de vitamina D para reparar o DNA pode estar causando as mutações pontuais tantas vezes vistas no autismo.

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte Vitamin D Council

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s