Baixos níveis de vitamina D provam serem fatais, aumentando a mortalidade

A revisão epidemiológica mais abrangente já realizada sobre a associação entre vitamina D sune mortalidade revelou que baixos níveis de vitamina D estão diretamente ligados à morte prematura por doenças cardíacas e outras causas. Publicado na revista Arteriosclerosis, Thrombosis Vascular, Biology o estudo constatou que os indivíduos com menores níveis de vitamina D têm um risco significativamente maior de desenvolver doença isquêmica do coração, infarto do miocárdio (IM), doença cardíaca isquêmica fatal e IM, ou morte precoce, em comparação com os indivíduos com maiores níveis de vitamina D.

Mais de 10.000 homens e mulheres foram incluídos como parte do estudo que teve lugar em Copenhagen University Hospital (CUH) na Dinamarca, no início de 1980 e foi concluído no ano passado.  Cada um dos participantes tinha níveis de plasma de 25-hidroxivitamina D testados e verificados no início do estudo realizado por pesquisadores que trabalham no Copenhagen City Heart Study e estes mesmos participantes foram posteriormente seguidos durante todo o curso de quase 30 anos para monitorar seus desenvolvimentos de saúde.

Após o acompanhamento, determinou-se que 3.100 participantes desenvolveram eventualmente doença isquêmica do coração, ao mesmo tempo 1.625 tiveram um IM e  outros  6.747 morreram por causa destas ou de outras doenças. Mas o que é particularmente interessante sobre estas descobertas é a enorme disparidade na doença e as taxas de mortalidade entre aqueles do grupo de baixo nível de vitamina D em comparação com aqueles no grupo de alto nível de vitamina D.  Com base nos números, aqueles com os níveis  mais  baixos de vitamina D –  abaixo de cinco nanomoles  por litro (nmol/L), foram 40 por cento mais propensos a desenvolver doença isquêmica do coração, 64 por cento mais propensos a ter enfarte e 57 por cento mais propensos a morrer precocemente. Esse mesmo grupo também foi considerado ser 81 por cento com maior probabilidade de morte por doença cardíaca isquêmica ou IM.

“As pessoas com baixos níveis de vitamina D têm um risco maior de ataque cardíaco, de morrer precocemente de doenças cardiovasculares e esta é uma mensagem importante”,  explicou o autor do estudo, Dr. Borge G. Nordestgaard para heartwire. “A forma mais barata e fácil de obter quantidade suficiente de vitamina D é deixar o sol brilhar em sua pele em intervalos regulares. Tem havido muito foco na tentativa de evitar que as pessoas se recebam muito sol, mas talvez isso não tenha sido equilibrado.”

Extensa revisão de toda a pesquisa anterior confirma que baixo nível de vitamina D seja uma sentença de morte

Para confirmar a integridade de suas próprias conclusões, a equipe de pesquisa também realizou uma meta-análise de todas as pesquisas anteriores sobre a vitamina D e a mortalidade – a equipe identificou 17 estudos anteriores no total – e encontraram resultados semelhantes. Diminuição dos níveis de vitamina D  foi encontrada diretamente associada a um maior risco de doenças e de morte em praticamente todos os estudos, provando que a manutenção de altos níveis de vitamina D seja crucial para a boa saúde.
“A meta-análise dá exatamente o mesmo resultado de nosso estudo”, acrescentou Dr. Nordestgaard. “Assim, os resultados são bastante robustos quando você olha para a totalidade das provas.”

Referências

Fonte original NaturalNews.com

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook. Participe também do nosso grupo no Facebook.

Leia também:

Última atualização de página: 09 de janeiro de 2014

Anúncios

26 comentários sobre “Baixos níveis de vitamina D provam serem fatais, aumentando a mortalidade

  1. Poxa,tô preocupada.Tenho 28 anos e realizei um exame de sangue que deu 17,7ng/mg. Ainda tenho que retornar ao médico para ele avaliar. Realmente,faz um tempo que não tomo sol. Fazendo algumas pesquisas,a maioria dos sites revelam alguns sintômas como ,enxaqueca,dores musculares,tensão pré menstrual,cansaço,desanimo etc.Ando tendo esses sintômas de vez enquando. Tenho histórico de câncer na família,e isso me preocupa.Mas pelo que vi,banhos de sol adequados e alimentação com fonte de vitamina D seriam o suficiêntes. Minha dúvida é? Terei que fazer isso pro resto da vida,( pelo menos 20 minutos de sol e alimentos com vitamina D),ou com o aumento de exposição solar e a alimentação,esse nível baixo que estou, aumentaria? Obrigada desde já!!

  2. Pingback: A vitamina D e o risco de morte: uma nova revisão sistemática e meta-análise | Vitamina D – Brasil

  3. Pingback: Menores níveis sanguíneos de vitamina D associados à taxas mais elevadas de morte prematura | Vitamina D – Brasil

  4. Nossa gente…to preocupada também!!!
    Minha VD está insulficiente!!!
    Procurei um médico justamente pelos sintomas da falta de VD, só descobri qnd o médico falou…até falha na memória eu tenho :/
    Nossa vou dormir no sol agora kkk

  5. Nossa!Eu nunca dei muita importância para a falta de vitamina D no organismo, e realmente estou muito errada e graças a Deus que por mera curiosidade entrei nesse site e me interessei pela matéria muito bem explicada, e confesso que foi muita sorte, pois minha médica me receitou uma dosagem alta de 7000mg e
    como o valor para 4 comprimidos é muito alto eu ignorei a receita.Bom!! Depois de ler esse artigo vou ignorar o valor, comprar e tomar direitinho pois adoro estar viva.

  6. Estou muito preocupada. Hoje peguei o resultado dos exames que fiz, e prá minha surpresa, o resultado da dosagem de vitamina D foi de 4,4 ng/ml.
    Acho que ninguém atingiu essa dosagem. Realmente não pego sol, então não deveria ficar surpresa. Apesar de me alimentar bem, não foi suficiente.
    Minha preocupação maior era o colesterol, mas não está muito acima, está 211. Enfim, vou correr atrás do prejuízo. Será que eu consigo aumentar essa dosagem de vitamina D?

    • Consegue sim, use através de ingestão de comprimidos de vitamina D e tome outro complexo vitaminico junto que seja rinco em magnésio e outras metabolizadoras da vitamina D. alimentos não resolve e é pra ficar atenta a vida toda

  7. Meu resultado deu 24 ,bem a baixo do desejado, não me preocupava muito com isso, mas depois dessas informações , vou tomar um pouco de sol e seguir todas as instruções indicadas, espero viver um pouco mais e com saúde, porque saúde é o que interessa, o resto não tem pressa.

  8. por acaso minha médica pediu exames de vitaminas, pois minhas unhas estão muito frágeis, pediu de várias, achando que a carência seria da vitamina E m., e para surpresa nossa minha car}ência é de vitamina D, 11ng7ml, tenho 61 anos e tenho osteoporose, me receitou 7000UI dia. tem reação? qual perigo?. obrigada, sara lemos laurini- alegrete-RS

  9. Tenho 53 anos e ando cansada com muita fadiga, fiz o exame e deu 19,5 ng/mL. ou seja deu deficiencia de vit. D ,Estou preocupada, pois nunca me senti assim tão cansada.ia
    Adorei essa matéria aprendi muito.

  10. Estou fazendo tratamento pra depressão há vários anos e nunca descobri o pq. Caio com muita frequência, sinto muita fraqueza, muito cansaço, unhas quebradiças… Recentemente meu psiquiatra pediu o exame para detectar a vitamina D e descobri que está 19. Receitou 10.000 UI diárias. Estou esperançosa qto a redução desses sintomas e a cura mais rápida.

  11. Eu sempre desde minha juventude fui preocuapda em usar vitaminas, por isso faço uso também da vitamina D, e a vitamina c é também muito importantes , não podemos ficar sem , e o magnésio é o condutor do cálcio , mas infelizmente os médicos não aconselham sobre isto, sei porque tenho familiares q orientam

  12. Comecei a sentir muito cansaco, falta de ar Marlene da Cruyz de Aklmeida e uma fadiga enorme, Fui ao médico fiz exames e deu 4,2 de Vitamina D. Estou assustada com o resultado. Tomo 10 gotas diárias da Vitamina D. Tenho 60 anos,
    Isso é reversível?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s