Comentários da IOF sobre as recomendações da USPSTF quanto à suplementação de vitamina D e cálcio

A Internacional Osteoporosis Foundation afirma que a vitamina D na dosagem 578101_10151291271310633_1021006802_nrecomendada reduz o risco de quedas e fraturas; cálcio em doses adequadas a partir de fontes alimentares é necessário para manter os ossos saudáveis ​​em todas as idades

A Fundação Internacional de Osteoporose (IOF) concorda com a Força-Tarefa de Serviços Preventivos dos Estados Unidos (USPSTF) 1, que declarou que a suplementação diária com doses de vitamina D ≤ 400 UI e cálcio ≤ 1,000 mg não possui benefícios líquidos para a prevenção primária das fraturas em adultos assintomáticos não institucionalizados, sem histórico prévio de fraturas.

Em contraste com a USPSTF, no entanto, IOF verifica que uma dosagem mais elevada de vitamina D, mais especificamente 800 UI por dia, reduz o risco de fraturas. Um meio pelo qual a vitamina D é eficaz é pela redução no risco de quedas. A queda é um fator de risco reconhecido para fraturas e outros ferimentos graves 2,3,4 .

O cálcio é claramente necessário para ossos saudáveis. A IOF recomenda que o cálcio necessário seja obtidos a partir de fontes alimentares. Para os que não podem atingir o suas necessidades com alimentos, suplementos podem ser usados ​​para compensar o que falta. Ingestões que excedam as exigências devem ser evitadas.

“Como afirma a USPSTF, a prevenção de fraturas em idosos é importante pois as fraturas são associadas com dor a crônica, incapacidade e aumento da mortalidade”, disse o presidente da IOF, John Kanis. “A IOF recomenda uma dosagem diária de 800 a 1000 UI/dia de vitamina D para a prevenção e redução de fraturas  em adultos com 60 anos ou mais. A produção de vitamina D na pele diminui com a idade e, como a vitamina D é de difícil obtenção exclusivamente por  fontes alimentares a IOF aconselha a suplementação de vitamina D para alcançar estes níveis recomendados. ”

Referências

  1. Vitamin D and Calcium Supplementation to Prevent Fractures in Adults: U.S. Preventive Services Task Force Recommendation Statement
    http://annals.org/article.aspx?articleid=1655858#Abstrac
  2. Dawson-Hughes B, Mithal A, Bonjour JP, Boonen S, Burckhardt P, Fuleihan GE, Josse RG, Lips P, Morales-Torres J, Yoshimura N (2010) IOF position statement: vitamin D recommendations for older adults. Osteoporos Int 21: 1151-4.
  3. Mithal A, Bonjour JP, Boonen S, Burckhardt P, Degens H, El Hajj Fuleihan G, Josse R, Lips P, Morales Torres J, Rizzoli R, Yoshimura N, Wahl DA, Cooper C, Dawson-Hughes B; for the IOF CSA Nutrition Working Group (2013). Impact of nutrition on muscle mass, strength, and performance in older adults. Osteoporos Int. Epub ahead of print, December, 2012.
  4. Rizzoli R, Boonen S, Brandi ML, Bruyère O, Cooper C, Kanis JA, Kaufman JM, Ringe JD, Weryha G, Reginster JY. (2013) Vitamin D supplementation in elderly or postmenopausal women: a 2013 update of the 2008 recommendations from the European Society for Clinical and Economic Aspects of Osteoporosis and Osteoarthritis (ESCEO). Curr Med Res Opin. 2013 Feb 7. [Epub ahead of print]

Fonte: International Osteoporosis Foundation (via Vitamin D Council)

Leia também

Anúncios

Um comentário sobre “Comentários da IOF sobre as recomendações da USPSTF quanto à suplementação de vitamina D e cálcio

  1. Pingback: Baixos níveis de vitamina D estão associados ao risco de fratura de quadril | Vitamina D – Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s