Trate a hipertensão naturalmente com vitamina D: estudo

Parece que a vitamina mais estudada e testada nos dias de hoje é a vitamina D. Não Hands-Holding-Plant-Leaves-Sky-Sun-Vitamin-Dimporta se ela seja considerada por muitos como não sendo uma verdadeira vitamina. Alguns a consideram mais como um pró-hormônio, o qual é um precursor hormonal interglandular.

Outros a consideram um pré-hormônio que pode ser convertido em um hormônio. Alguns a chamam de um hormônio enquanto maioria a chama simplesmente de uma vitamina porque é retirada de fontes externas e sua deficiência resulta em doenças. [1]

O processo de metabolização dos raios solares UVB ou até mesmo de suplementos no produto final, vitamina D, parece passar por fases que simulam todos aqueles rótulos argumentados.

Por hora, compreende-se que a vitamina D da luz do sol e/ou de suplementos de vitamina D3 seja necessária para manter níveis sanguíneos suficientes de D3 para prevenir e até mesmo reverter a maioria das doenças.

Estudo sobre os níveis de vitamina D e a saúde do coração de hipertensos

Este estudo foi realizado na Turquia por dois departamentos de cardiologia distintos em duas instituições cooperantes e publicado pela PubMed  em 24 de junho de 2013. Duas fontes para o mesmo estudo tem diferentes relatos sobre como foi realizado o estudo.

A fonte [2] mostra 33 indivíduos utilizados no estudo enquanto a fonte [3] mostra 133. Ambas concordam em outros itens. Os indivíduos foram recentemente diagnosticados com hipertensão ou pressão arterial elevada. A idade média de todos os participantes era em torno de 63 ano em um período de 10 anos.

Eles foram divididos em dois grupos, a fim de comparar aqueles cujos níveis séricos de 25-hidroxivitamina D ou 25(OH)D estavam acima do normal com aqueles abaixo do normal. O padrão utilizado para normal foi de 20 ng/ml (nanogramas por mililitro) que é um padrão ultrapassado, até mesmo para o atual padrão médico americano convencional de 30 ng/ml.

Depois de medir os marcadores individuais entre ambos os sujeitos, com altos e baixos níveis séricos D, eles determinaram que a vitamina D desempenha um papel importante na redução da inflamação cardiovascular, rigidez  arterial e do ventrículo esquerdo do coração entre os pacientes recentemente diagnosticados hipertensos.

Linha de fundo: Se sua pressão arterial está elevada, obter plena vitamina D através da exposição ao sol ou de suplementação pode preservar a integridade cardiovascular ajudando a evitar um ataque cardíaco.

Altos e baixos níveis séricos de vitamina D

Especialistas em vitamina D da medicina alternativa aberta acreditam que níveis normais devam ser em ou em torno de 50 ng/ml. Eles também consideram 50 ng/ml a 80 ng/ml como intervalo ideal para garantir a proteção de saúde geral e resistência à doenças.

Muito do quão bem seu colesterol epidérmico, fígado e rins podem fornecer vitamina D, do sol, depende de diferentes fatores. Um é a cor da pele. Quanto mais escura a pele, mais tempo demora para que esse processo ocorra a partir do sol.

Onde você vive é outro fator. Quanto mais próximo ao Equador, melhores as chances de que uma boa quantidade de luz solar tenha acesso à pele nua. Alguns defendem as camas de bronzeamento que emitem raios UVB como um substituto do sol para aqueles em climas mais frios ou áreas  cronicamente nubladas.

A quantidade de suplementação em lugar da  luz solar direta para a pele exposta deve ser muito maior do que a RDA recomendada oficialmente (ingestão diária recomendada) de 600 UI (unidades internacionais). Ingestões de 2 mil a 10 mil UI são frequentemente recomendadas. [4]

Não se atraia por pílulas sintéticas de D2. Opte preferivelmente por D3 em cápsulas de gel ou líquidas que contenham colecalciferol da lã de ovelhas. Ela é da matéria gordurosa da lanolina que já iniciou o processo UVB da vitamina D. Em outras palavras, é um preparado de luz do sol para o colesterol epidérmico empacotado em uma pílula.

A dosagem e até mesmo a exposição à luz do sol podem ser influenciadas pela idade. Nos mais velhos o fígado e os rins podem ser menos eficientes em concluir a síntese de colecalciferol em vitamina d.

Você pode ajustar a sua ingestão de vitamina D para os níveis ótimos com o exame de níveis séricos de 25(OH)D recomendado. Se você não tiver acesso à um profissional de saúde de mente aberta ou à um laboratório local, o Vitamin D Council irá analisar amostras de sangue dos kits que eles enviam à você. [4]

Referências

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte NaturalNews.com

Leia também:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s