Álcool e melanoma: mais comprovações de que esse tipo de câncer de pele mortal não seja causado pela luz solar

Por: Marc Sorenson (Sunlight Institute) – Aqueles que fazem fortunas por difamar a luz 21_eyes_sundo sol como a causa do melanoma, deixam de considerar que há muitos fatores que se correlacionam com um aumento do risco de melanoma. Há duas décadas, um importante estudo foi publicado no Annals of Epidemiology, que apontou vários fatores nutricionais, um dos quais era o consumo de álcool. [1] Nessa pesquisa, as mulheres que bebiam dois ou mais drinques por dia tiveram um aumento risco de melanoma de 250%. Depois, em 2004, Amy Millen e seus colegas demonstraram que o consumo elevado de álcool (2,8 doses por semana) foi correlacionado com um risco 69% maior de melanoma. [2]

Ao considerar estes estudos, torna-se óbvio que o aumento do consumo do álcool leva ao aumento do risco de melanoma. A pesquisa de Millen, aliás, definiu muitos outros fatores nutricionais, que levam tanto a um aumento do risco de melanoma quanto a uma proteção contra a doença. Eu discuti esses fatores em um post anterior sobre nutrição e melanoma. http://sunlightinstitute.org/skin-cancer-and-nutrition%E2%80%94stop-blaming-sun#sthash.1AkBrGyZ.dpuf

A última pesquisa corrobora as conclusões dos dois estudos acima mencionados. Jessica Kubo e colegas investigaram o efeito do consumo de álcool sobre o risco de melanoma em um estudo de 10,2 anos. [3] Várias observações interessantes surgiram: (1) aqueles que consumiram 7 ou mais drinques por semana tiveram um risco aumentado de melanoma de 64%; (2) um maior consumo de álcool durante a vida foi positivamente correlacionado com o risco da doença, (3) um maior consumo atual de álcool da mesma forma foi correlacionado com um maior risco: (4) o consumo atual de álcool também previu um risco mais elevado, (5) uma preferência por vinho branco ou licor também previu o aumento do risco.

Então você vê, a ideia de que o melanoma seja causado pela exposição à luz solar é novamente refutada. Sabemos que, como exposição à luz solar tem diminuído profundamente nos últimos 100 anos, o risco de melanoma tem aumentado exponencialmente. Quando a exposição ao sol diminuiu e o melanoma aumentou concomitantemente, o que mais precisaria ser dito? Eu já publiquei dois blogs sobre o assunto e acredito que eles refutam completamente a alegação de que o melanoma seja causada pela luz solar.

É hora de começamos a usar a cabeça e olharmos para as verdadeiras causas para o melanoma. O álcool é apenas uma entre muitas e é hora de olhar para outros estilos de vida deletérios como sendo os verdadeiros causadores desta doença mortal.

Referências:

  1. Bain C, Green A, Siskind V, Alexander J, Harvey P. Diet and melanoma. An exploratory case-control study. Ann Epidemiol 1993;3:235-8.
  2. Millen AE, Tucker MA, Hartge P, Halpern A, Elder DE, et al. Diet and Melanoma in a Case-Control Study. Cancer Epidemiol Biomarkers Prev 2004;13(6):1042-51.
  3. Kubo JT, Henderson MT, Desai M, Wactawski-Wende J, Stefanick ML, Tang JY. Alcohol consumption and risk of melanoma and non-melanoma skin cancer in the Women’s Health Initiative. Cancer Causes Control 2013 Oct 31. [Epub ahead of print]
Anúncios

5 comentários sobre “Álcool e melanoma: mais comprovações de que esse tipo de câncer de pele mortal não seja causado pela luz solar

  1. Outro olhar sem interesse financeiro!
    Interessante é que depois que eu comecei tomar sol ( da manhã e do meio dia) todas as manchinhas escuras de minha pele (que eu chamava de mancha senil) acabaram todas!
    Eu disse para uma amiga e compartilho agora com vocês! A minha pele (a minha roupa individual) também é quarada pelo sol da mesma forma que minha mãe colocava toda roupa branca para quarar em cima da grama, na minha infância ( na época que morava em casa, e que tinha grama). kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

  2. Pingback: A exposição solar ocupacional regular está associada à um risco reduzido de Melanoma no rosto e nos braços | Vitamina D – Brasil

  3. Pingback: 7 coisas surpreendentes que você provavelmente não sabe sobre a exposição à luz solar e protetores solares | Vitamina D – Brasil

  4. Pingback: Pesquisa da Holanda mostra uma diminuição no câncer de pele e em outros tipos de câncer com um aumento na exposição solar diária regular | Vitamina D – Brasil

  5. bOA TARDE, SABEM , JÁ TIVE MELANOMA, HÁ UNS 15 ANOS, FOI RETIRADO E ACOMPANHADO POR 5 ANOS, CONSEGUI SOBREVIVER….MAS DE LÁ PARA CÁ PASSO OS PROTETORES SOLAR 30, E ATÉ 50 NAS AREAS MAIS EXPOSTAS COMO NA MINHA MÃOS ONDE SE DEU A PINTA….MAS…AS MANCHAS SÓ AUMENTARAM, PENSEI QUE IA NÃO TER MAIS MANCHAS, IA FICAR COM UMA PELE LIMPA, POIS ESTAVA NA’ FRENTE” EM RELAÇÃO AOS OUTRAS QUE NÃO PASSAVAM, E QUAL NADA TENHO TANTAS MANCHAS A MAIS, SENIS, NO ROSTO, ALGUMAS ATÉ AAUMENTAM DIA A DIA, POR MAIS CUIDADDOS QUE EU TOMO. SOMBRA, BONÉS BLOQUEADORES E TUDO QUE SEI.
    ENTÃO É FALSA MESMA ESSA NECESSIDADE DO PROTETOR É SÓ QUIMICA, CHEGA A ARDER A PELE MESMO OS MAIS CAROS DE FARMÁCIA, SÓ NÃO QUEIMA OS OMBROS E COSTAS, OU EVITA AQUELE VERMELHÃO, DE RESTO QUANTO AS MANCHAS, NÃO RESOLVE NÃO….QQUANTO AO CANCER, SÓ AS PINTAS MUITO MARRONS E ALTAS ISTO É NÃO PLANAS QUE SE TORNAM PERIGOSAS, ANTES EU NÃO PASSAVA NADA, PODE SER QUE O SOL DESENCADEOU, MAS TENHO P MIM QUE FOI UMA PANCADA QUE AO LIMPAR OS VIDROS LEVEI NA PINTA, BATI NA GRADE, AÍ ELA COMEÇOU A MUDAR DE COR, FICOU ESQUISITA, FUI AO MÉDICO E RETIRADA E ANALISADA SE CONSTATOU. SEI LÁ…SE O SOL JÁ HAVIA AFETADO ELA….OBRIGADA É SÓ P ALERTAR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s