Novo estudo: Altas doses de vitamina D reduzem com segurança a incidência de diabetes em ratos

O diabetes mellitus do tipo 1 (DM1) é uma doença auto-imune que resulta em destruição diabetes2das células beta do pâncreas, as quais produzem insulina. A subsequente falta de insulina conduz ao aumento da glicose no sangue e na urina. Os sintomas surgem geralmente na infância e adolescência, o que torna os pacientes dependentes de insulinoterapia por toda a vida. Um novo estudo realizado por pesquisadores da Bélgica e da Itália, publicado no American Diabetes Association Journal, pela primeira vez demonstra que o DM1 pode ser eficazmente prevenido com a administração dietética, ao longo da vida, de altas doses de vitamina D em sua forma ativa.

Pelo fato das próprias células do sistema imunológico poderem converterem localmente a vitamina D para a forma ativa, houve a hipótese de que a vitamina D dietética também poderia prevenir a doença. Assim, os autores avaliaram se a administração dietética regular de vitamina D (800 UI por dia) em ratos não obesos e genéticamente concebidos para adquirirem a doença (NOD), durante diferentes períodos da vida (gestação e lactação, início da vida (3 a 4 semanas de idade) ou ao longo da vida (3 a 35 semanas de idade) impediria com segurança o DM1.

Os autores puderam constatar que o tratamento ao longo da vida elevou os níveis séricos de vitamina D de 69 ng/mL nos controles para 116 ng/ml, sem provocar sinais de toxicidade e reduziu significativamente o desenvolvimento do DM1 em ratos de ambos os sexos. Esta proteção para o diabetes pela vitamina D se correlacionou com o teor de insulina pancreática preservado e melhorou as pontuações de insulite. 

Em conclusão os autores afirmam:

“Este estudo mostra pela primeira vez que altas doses regulares de vitamina D3 dietética podem prevenir com segurança o diabetes em ratos NOD, quando administradas ao longo da vida, apesar da cautela ser justificada com relação a administração de doses elevadas de forma equivalente em seres humanos”.

Fonte

Dietary supplementation with high doses of regular vitamin D3 safely reduces diabetes incidence in nod mice when given early and long-term. Fev 2014.

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook.

Leia também:

Anúncios

Um comentário sobre “Novo estudo: Altas doses de vitamina D reduzem com segurança a incidência de diabetes em ratos

  1. Pingback: Coelhos mantidos confinados podem ser deficientes em vitamina D | Vitamina D – Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s