Vitamina D e risco de câncer de pulmão: uma ampla revisão e meta-análise

O câncer de pulmão é um tumor caracterizado pela quebra dos mecanismos de defesa naturais do pulmão porlung-cancer estímulos carcinogênicos ao longo do tempo, levando ao crescimento desorganizado de células malignas. É uma das principais causas de morte entre as neoplasias no Brasil.

A vitamina D tem sido sugerida desempenhar importantes papéis contra o desenvolvimento do câncer. Houveram vários estudos publicados sobre a associação entre a vitamina D e o risco de câncer de pulmão, mas nenhum resultado conclusivo ainda estava disponível.

Para esclarecer o papel da vitamina D na carcinogênese pulmonar, pesquisadores da China realizaram uma ampla revisão da literatura e uma meta-análise para avaliar a associação entre os níveis séricos e a ingestão dietética de vitamina D com o risco de câncer de pulmão. Doze estudos (9 prospectivos coorte e 3 de caso-controle), com um total de 288.778 indivíduos foram incluídos.

Como resultado eles constataram que a análise dos doze estudos totais mostrou que aqueles com níveis séricos mais elevados de vitamina D tiveram um risco 16% menor de desenvolver câncer de pulmão. Entre os estudos que avaliaram a relação entre os níveis séricos de vitamina D e o risco de câncer de pulmão, os níveis mais altos foram associados a um risco reduzido de 17%. E o risco de câncer de pulmão para aqueles com maior ingestão dietética foi reduzido em 11%.

Os autores concluíram:

“Os dados atuais sugerem uma associação inversa entre níveis séricos de vitamina D e o risco de câncer de pulmão. Mais estudos são necessários para investigar o efeito da ingestão de vitamina D sobre o risco de câncer de pulmão e para avaliar se a suplementação de vitamina D pode prevenir o câncer de pulmão.”

Fonte

Vitamin d and lung cancer risk: a comprehensive review and meta-analysis. Cell Physiol Biochem. 2015.

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook. Participe também do nosso grupo no Facebook.

Leia também:

2 comentários sobre “Vitamina D e risco de câncer de pulmão: uma ampla revisão e meta-análise

  1. Olá…
    Venho tomando vitamina D3 por 3 anos e só nos últimos apenas 4 (quatro) meses dobrei a quantidade de vitamina D3 diária ou seja de 5.000IU para 10.000IU e seja pelo que tenha sido não tenho tido ataques de pânicos. Não tenho ido ao médico coisa que o fazia em 2 (dois) em 2 (dois) para a requisição do remédio Rivotril.
    Existe algum estudo da Vitamina D3 e Síndrome do Pânico?
    Att:
    Verônica

    • Comecei a tomar 10000 ui de vitamina D a alguns dias, tenho SII (sindrome do intestino irritável) e liquen (doença de pele autoimune) nunca estive tão bem….. Verônica, vc não têm nenhum efeito colateral?? posso continuar tomando sem medo???

      Obrigada….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s