Estudo constata que a suplementação de vitamina D pode reduzir o risco de mortes relacionadas ao câncer

(Por: Dr John Cannell – Vitamin D Council) shutterstock_243554755-620x414

Pesquisas atuais indicam que a vitamina D é mais protetora do que preventiva quando se trata da maioria dos cânceres. Ou seja, se um indivíduo tem câncer, níveis mais altos de 25(OH)D podem prolongar a sua vida. Isto foi recentemente confirmado em um estudo da Austrália de cerca de 1.200 mulheres idosas que foram acompanhadas por cerca de dez anos, depois de terem sua linha de base de 25(OH)D medida em 1998.

Wong G, Lim WH, Lewis J, Craig JC, Turner R, Zhu K, Lim EM, Prince R. Vitamin D and cancer mortality in elderly women. BMC Cancer. 2015 Mar 8;15:106. doi: 10.1186/s12885-015-1112-5.

HR-cancer-mortality

Figura 1: Taxa de risco ajustada de morte por câncer através de medidas contínuas de concentrações séricas de 25(OH)D

Os pesquisadores constataram que as mortes por câncer diminuíram em 33% para cada aumento de 12 ng/ml (30 nmol/l) de 25(OH)D. Eles também analisaram o risco de mortalidade por câncer, comparando aqueles com muito baixas concentrações de séricas de 25(OH)D (menos de 18 ng/ml; 45 nmol/l) com aqueles com concentrações séricas de 25(OH)D superiores a 33 ng/ml (82,5 nmol/L). Eles encontraram um risco aumentado de morte por câncer em pelo menos 2,6 vezes entre aqueles com muito baixas concentrações séricas de 25(OH)D (HR: 2.63; p=0,04).

Os autores não queriam afirmar o que seus estudo mostrou realmente, que foi a associação entre a morte por câncer e a 25(OH)D basal. Estes resultados foram lineares, sem evidência de um ponto de corte em 20 ou 30 ng/ml.

A mensagem a se retirar deste estudo é que se você tem câncer, níveis mais elevados de vitamina D podem prolongar a sua vida.

Da mesma forma que em outros estudos, este foi limitado a apenas uma medição de 25(OH)D, na linha de base. Então, nós não sabemos como os níveis de vitamina D das mulheres mudaram ao longo da duração do estudo. Além disso, este não foi um estudo controlado randomizado de suplementação de vitamina D; portanto, não sabemos se a suplementação com vitamina D irá prolongar a sua vida se você tem câncer. Como todas as decisões, é um risco versus benefício. O risco de ter uma 25(OH)D baixa parece ser verdadeiro. O risco de tomar 10.000 UI/dia, se você tem câncer, parece ser muito baixo, enquanto que os benefícios podem ser muito grandes.

No entanto, tenha algo em mente: todos aqueles que tomam suplementos de vitamina D irão morrer. É apenas uma questão de quando.

Referências

Vitamin D and cancer mortality in elderly women, BMC Cancer. 2015.

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte Vitamin D Council

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook. Participe também do nosso grupo no Facebook.

Leia também:

Anúncios

2 comentários sobre “Estudo constata que a suplementação de vitamina D pode reduzir o risco de mortes relacionadas ao câncer

  1. AS INFORMACOES FORAM BEM IMPORTANTES E ESCLARECEDORAS GOSTEI MUITO,ESSAS INFORMACOES ALERTAM AS PESSOAS,QUE USAM O FILTRO SOLAR E SE ESQUECEM DO BENEFICIO QUE O SOL TEM. MAS TAMBEM TEMOS QUE TOMAR CUIDADO EM NAO ABUSAR DA QUANTIDADE DE SOL A SE TOMAR. A MELHOR EXPOSICAO AO SOL E DA PARTE DA MANHA ATE AS 10 HORAS.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s