Doenças autoimunes

A maioria dos seres humanos depende de exposição ao sol para satisfazerautoimunidade suas necessidades de vitamina D. As suas deficiência e insuficiência são uma epidemia não reconhecida entre crianças e adultos em todo o mundo, não somente provoca o raquitismo entre as crianças, mas também precipita e agrava a osteoporose e a osteomalacia entre os adultos.

A deficiência de vitamina D tem sido associada com o aumento do risco de cânceres fatais, doenças cardiovasculares e tem sido implicada na etiologia das doenças autoimunes, tais como a esclerose múltipla, artrite reumatoide, doença de crohn, diabetes mellitus tipo 1, entre outras. Embora a exposição excessiva crônica ao sol aumente o risco de câncer de pele não melanoma, evitar qualquer exposição direta do sol aumenta o risco de deficiência de vitamina D, que pode ter consequências graves.

Vitamina D – Por uma outra terapia

Muitos médicos no Brasil e no mundo tem constatado que a suplementação com vitamina D em altas doses pode ser uma alternativa de tratamento para muitos pacientes. O filme “Vitamina D — Por uma outra terapia”, produzido entre 2011 e 2012, conta a história de seis portadores de doenças autoimunitárias (a maioria com esclerose múltipla) que tiveram suas vidas transformadas por um tratamento à base de vitamina D.

Programa Sem Censura

Entrevista realizada em 18/06/12 com  Cícero Galli Coimbra, para o programa Sem Censura da TV Brasil, sobre o tratamento da vitamina D em doenças autoimunes.

Rádio CBN

Entrevista com Cícero  Galli Coimbra, sobre doenças autoimunes e vitamina D, para a Rádio CBN em 14 de outubro de 2012.

Mais de 10 anos com o tratamento da vitamina D

Entrevista sobre a experiência com o tratamento da vitamina D para portadores de esclerose múltipla, realizado pelo médico Dr. Cícero Galli Coimbra. Entrevista realizada por realizada por Daniel Cunha, portador de esclerose múltipla e seguidor do mesmo tratamento.

Cientista brasileiro revela espantoso poder da vitamina D contra a esclerose múltipla

Programa Globo Repórter do dia 06/09/2013.

Globo Reporter

A vitamina D deixa seu sistema imunológico mais inteligente

Entrevista com John J. Cannell, diretor executivo do Vitamin D Council, sobre os efeitos da vitamina D no sistema imunológico.

Para mais informações (contatos médicos, depoimentos e outras), visite também os sites:

http://vitaminadporumaoutraterapia.files.wordpress.com/2012/03/cropped-logovitaminad31.jpg

 

VitDMedSaude

* NÃO FAÇA AUTOMEDICAÇÃO – O tratamento com VITAMINA D em doses elevadas requer acompanhamento médico especializado.

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook. Participe também do nosso grupo no Facebook.

Anúncios

124 comentários sobre “Doenças autoimunes

    • Tb tomava e comecei a tratar com vitamina d. Cortou-se o corticoide. Meu médico receitou 40 mil iu de vitamina d, mas tem contraindicações. Pesquise médicos que sejam adeptos de tratamentos com vitamina d.

  1. Já se teve uma resposta positiva com vitamina D em pacientes com diagnóstico compatível com mofea ( esclerodermia cutânea )?
    Obrigada pela ajuda desde já!

    Aline
    Enfermeira

  2. Gostaria de suplementar Vitamina D no meu filho de 5 anos de idade e 20 kg. Como ele raramente toma sol, gostaria de suplementar. Infelizmente não encontro pediatras atualizados sobre o assunto. Algum médico pode me ajudar quanto à dosagem diária para ele?
    carolinadejesus7@gmail.com

  3. Tenho um sobrinho que já tomou 90 MG de corticoide 6 meses agora ele toma imunoglobulina humana 10 meses ! Os médicos fala q a doença e adquirida mas não tem diagnóstico! Gostaria de saber mais sobre esta medicação!
    Grata E lida.

  4. Olá!
    Tenho lido recentemente sobre a Vitamina D, aonde gostaria de saber se posso fazer uso diário e qual seria a quantidade para os meus problemas.
    Tenho abaulamento discal, protusão discal, hérnia discal na lombar e cervical, espondilose, processo degenerativo cervical e lombar e radiculopatia na perna esquerda.
    Esse tratamento com a Vitamina D me daria alívio nas minhas dores crônicas?

    Desde já agradeço pela atenção!

  5. Boa noite. Meu esposo tem ELA e há dois meses iniciou ingestão de vitamina d3 10 mil ui (ele estava com a taxa 43 ng), após 30 dias dobramos para 20 mil ui e a taxa aumentou para 65 ng. Aumentamos para 30 mil ui e hoje ele está com 134 ng, sendo que já toma 40 mil ui faz uns 7 dias. Já que ele tem uma doença neuro degenerativa, essa taxa pode aumentar ainda mais? Posso continuar dando os 40 mil ui ao dia? Vejo ele cheio de vida, apesar das intensas fasciculações devido a doença.

    • Dosagens maiores que 10mil UI /dia requerem um acompanhamento médico de perto, exames regulares e dieta restritiva de ingestão de cálcio. O tratamento em altas doses tem efeitos colaterais sérios, se não tomadas as devidas precauções. Cuidado com a automedicação!! A quantidade indicada para cada paciente é definida com base em exames de sangue!

  6. Qual a recomendação para uma criança de 5 anos, 17,5 kg, que mora na Noruega? Ela foi diagnosticada há cerca de 4 anos com Artrite reumatóide juvenil. Muito obrigada!

  7. Tenho um filho de 28 anos que foi diagnosticado com nefropatia IgA ou doença de Berger. Gostaria de saber se alguém já usou o protocolo de vitamina D para essa doença.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s