A deficiência de vitamina D associada à alergia em lactentes

Crianças de um ano de idade com deficiência de vitamina D são mais propensas a terem shutterstock_92316586-620x413alergias alimentares quando comparadas à crianças com níveis mais altos de vitamina D, de acordo com uma pesquisa realizada no Instituto Murdoch Childrens Research (MCRI), em Melbourne, na Austrália.

Katrina Allen, PhD, e colegas avaliaram status de vitamina D e os resultados dos testes cutâneos de 577 crianças.

Eles descobriram que os bebês de pais Australianos, mas não de pais estrangeiros, com insuficiência de vitamina D (<20 ng/ml) foram mais propensos a terem alergias ao amendoim e/ ao ovo que aqueles com níveis suficientes de vitamina D. Além disso, entre as crianças com pais nascidos na Austrália, aquelas com níveis <20 ng/ml foram mais propensas a terem duas ou mais alergias alimentares, em vez de uma única alergia.

Os pesquisadores concluem,

“Estes resultados fornecem a primeira evidência direta de que a suficiência de vitamina D pode ser um importante fator de proteção para a alergia alimentar no primeiro ano de vida.”

Referências

Allen KJ  Koplin JJ, Ponsonby A, Gurrin LC, Wake M, et al. Vitamin D insufficiency is associated with challenge-proven food allergy infants. The Journal of Allergy and Clinical Immunology. Março de 2013.

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte Vitamin D Council

Leia também: