Exposição à poluição na gravidez causa deficiência de vitamina D nos bebês

Pesquisa sugere que poluição do ar pode levar ao desenvolvimento de doenças nessas poluicao-do-ar-pode-causar-deficiencia-d.jpgcrianças mais tarde na vida

Gestantes expostas à poluição, principalmente no fim da gravidez, são mais propensas a ter filhos com deficiência de vitamina D, segundo pesquisa do Intitut National de la Santé et de la Recherche Médicale (INSERM), em Paris.

A pesquisa sugere que a poluição do ar poderia levar ao desenvolvimento de doenças nessas crianças mais tarde na vida.
O trabalho contou com a análise de amostras de sangue de 375 mulheres e de seus respectivos filhos no momento do nascimento.

O objetivo foi investigar as associações entre a exposição a poluentes do ar no período gestacional e o nível de moléculas no soro sanguíneo que indicam presença d evitamina D.

Os resultados mostraram que as voluntárias analisadas que apresentaram maiores índices de dióxido de nitrogênio nas amostras, gerados principalmente a partir de motores de combustão, tiveram bebês com deficiência do nutriente.

Pesquisas anteriores mostraram que a exposição à poluição reduz a quantidade de vitaminas no organismo materno, além de causar outros fatores que precisam ser analisados individualmente.

Segundo os pesquisadores, a exposição à poluição do ar pode causar falta de vitamina D, que está associada ao aparecimento de asma e outras alergias mais tarde na vida.

O trabalho foi publicado no Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism.

Fonte: Isaude.net

Anúncios