Os efeitos da vitamina D sobre a saúde músculo-esquelética, imunidade, auto-imunidade, doenças cardiovasculares, câncer, fertilidade, gravidez, demência e mortalidade: Uma revisão de evidências recentes

Uma ótima ingestão de vitamina D e seu status são importantes não somente para os ossos e no 66048-2-walking-trailsmetabolismo do cálcio/fosfato, mas também para a saúde e bem-estar geral. A deficiência e a insuficiência de vitamina D como um problema geral de saúde tendem a ser um risco para um amplo espectro de doenças agudas e crônicas.

Em um  estudo publicado em 28 de março na revista  Autoimmunity Reviews, os pesquisadores Pawel Pludowski, Michael F. Holick, Stefan Pilz e colegas fizeram uma revisão de estudos randomizados controlados, meta-análises e outras evidências da ação da vitamina D em vários desfechos de saúde.

Eles relatam que o status adequado de vitamina D se mostra protetor contra doenças músculo-esqueléticas (fraqueza muscular, quedas, fraturas), doenças infecciosas, doenças auto-imunes, doenças cardiovasculares, diabetes mellitus tipo 1 e tipo 2, vários tipos de câncer, disfunções neurocognitivas, doenças mentais e outras doenças, bem como na infertilidade e resultados adversos da gravidez e do parto. A deficiência/insuficiência de vitamina D foi associada à todas as causas de mortalidade.

Os autores concluem:

“A suplementação adequada de vitamina D e exposição solar sensata para alcançar um status ideal de vitamina D estão entre os fatores de linha de frente na profilaxia para uma gama de transtornos. Orientações de suplementação e estratégias populacionais para a erradicação da deficiência de vitamina D devem estar incluídas nas prioridades dos médicos, profissionais da área médica e decisores políticos de saúde”.

Fonte

Vitamin D effects on musculoskeletal health, immunity, autoimmunity, cardiovascular disease, cancer, fertility, pregnancy, dementia and mortality – A review of recent evidence, 2013.

Leia também:

Anúncios

Potenciais benefícios imunes de níveis pronunciados de vitamina D, mostra estudo controlado randomizado

A melhora dos níveis de vitamina D irá afetar significativamente a expressão de genes que 1962_happy_woman_standing_in_suntêm uma grande variedade de funções importantes relacionadas ao câncer, doenças auto-imunes e doenças cardiovasculares, de acordo com uma pesquisa publicada hoje na revista PLoS ONE.

Este estudo piloto randomizado, duplo-cego, incluindo a suplementação de vitamina D de 400 UI ou 2.000 UI por dia de vitamina D3, durante 2 meses a 8 adultos saudáveis. As amostras de células brancas do sangue foram recolhidas na linha de base e novamente no final do estudo de dois meses. Os pesquisadores realizaram uma análise de expressão gênica nas amostras para ver se a sua atividade havia sido alterada como resultado da suplementação.

No final do estudo, o grupo que suplementou a 2.000 UIs /dia havia atingido um nível de vitamina D de 34 ng/ml, enquanto que a 400 UI/dia haviam alcançado 25 ng/ml. Os autores verificaram que entre os participantes com um aumento no nível de vitamina D, verificou-se uma alteração de 1,5 vezes na expressão de 291 genes. Outras análises revelaram que as funções biológicas associadas com os 291 genes estão relacionadas com 160 rotas biológicas relacionadas com o câncer, doenças cardiovasculares, doenças infecciosas e desordens auto-imunes.

“Não houve diferença significativa na expressão de 66 genes na linha de base entre os sujeitos com deficiência de vitamina D (25(OH D <20 ng/ml) e os indivíduos com nível de 25(OH)D > 20 ng/ml. Depois da suplementação de vitamina D3  a expressão destes 66 genes foi semelhante para ambos os grupos “, explicam os autores.

Estudos anteriores relatam associação entre a deficiência de vitamina D e resultados adversos de saúde. O presente estudo desenvolve o assunto e fornece evidências de que níveis suficientes de vitamina D desempenham um papel importante na melhoria da saúde imune e diminuição dos riscos de doenças.

Os autores concluem, ” Este estudo revela pela primeira vez, as impressões digitais moleculares que ajudam a explicar os benefícios de saúde não esqueléticos da vitamina D. ” Eles solicitam mais pesquisas para confirmar suas observações.

Referências

Hossein-nezhad A, Spira A, Holick MF. Influence of vitamin D status and vitamin D3 supplementation on genome wide expression of white blood cells: A randomized double-blind clinical trial. PLOS ONE. March 20, 2013.

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte Vitamin D Council

Leia também: