A exposição à fumaça do cigarro pode contribuir para deficiência de vitamina D?

A fumaça do cigarro desempenha um papel na exacerbação da sinusite crônica. No 1534527entanto, os mecanismos para isso ainda eram desconhecidos. Pesquisas anteriores mostraram que a vitamina D pode desempenhar um papel na saúde respiratória e na redução da inflamação.

Pesquisadores da Universidade Médica da Carolina do Sul propuseram a hipótese de que fumaça do cigarro poderia prejudicar a conversão da vitamina D para a sua forma ativa (1,25(OH)2D), pelas células nasais e, além disso, que a suplementação com 1,25(OH)2D poderia reverter a resposta inflamatória induzida pela fumaça.

Eles então conduziram um estudo, recém publicado no Journal of Allergy and Clinical Immunology, buscando determinar os efeitos da fumaça do cigarro sobre os níveis de vitamina D, sobre a sua conversão e sobre a regulação da inflamação em indivíduos controles e em pacientes com sinusite crônica. Para tanto, amostras de sangue e de tecidos foram coletadas. A expressão de enzimas metabolizadoras da vitamina D foi medida e as células de tecidos foram usadas para analisar sua conversão, bem como a produção de citocinas pró-inflamatórias.

Como resultado, a exposição à fumaça do cigarro foi associada com uma redução dos níveis nasais e circulantes de vitamina D, bem como se demonstrou uma redução na conversão para a forma ativa, em comparação com os indivíduos controles.

Os autores concluíram:

“A exposição à fumaça do cigarro está associado à redução nos níveis de 25(OH)D e uma capacidade diminuída de conversão de 25(OH)D para 1,25(OH)2D pelas células epiteliais nasossinusais humanas. A adição de 1,25(OH)2D reduz os efeitos pró-inflamatórios da fumaça do cigarro. A conversão de 1,25(OH)2D prejudicada pela exposição à fumaça do cigarro representa um novo mecanismo através do qual ela induz os seus efeitos pró-inflamatórios”.

Fonte

Cigarette smoke exposure is associated with vitamin D3 deficiencies in patients with chronic rhinosinusitis. Abr 2014.

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook.

Leia também: