Deficiência de vitamina D pode levar à miopia?

Cada vez mais pesquisas evidenciam que uma ótima ingestão de vitamina D seja vision_leadershipimportante não somente para os ossos e no metabolismo do cálcio, mas também para a saúde e bem-estar geral. Até mesmo uma boa visão pode depender de uma adequada ingestão de vitamina D e seu status, como se verifica nesta pesquisa recém publicada no Investigative Ophthalmology & Visual Science.

Pesquisadores coreanos e americanos conduziram um estudo com objetivo de avaliar a relação entre os níveis séricos de vitamina D e o erro refrativo em  adolescentes coreanos. Um total de 2.038 adolescentes com idades entre 13 e 18 anos, que participaram do Korea National Health and Nutrition Examination Survey (KNHANES) 2008-2011, foram submetidos a um exame de refração usando um autorefrator. A concentração sérica de vitamina D e outros fatores de risco potenciais também foram examinados e uma análise foi realizada para investigar a associação entre níveis séricos de vitamina D e o equivalente esférico.

Eles constataram que entre os participantes 80,1% tinham miopia e 8,9% tinham alta miopia. O grupo de miopia teve uma relação positiva significativa entre o equivalente esférico e os níveis séricos de vitamina D, enquanto o grupo não-miopia não teve qualquer relação significativa. A prevalência da miopia alta foi significativamente associada com o menor tercil de concentração sérica de vitamina D, após o ajuste para os fatores de confusão.

Os pesquisadores concluíram:

“Baixas concentrações séricas de 25(OH)D foram associadas com a prevalência da miopia em adolescentes coreanos. Esta relação foi particularmente notável em adolescentes com alta miopia.”

Fonte

Low Serum 25-Hydroxyvitamin D Is Associated with Myopia in Korean Adolescents. Jan 2014.

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook.

Leia também:

Anúncios

Crianças devem ter ao menos dez horas de exposição solar por semana para evitar a miopia

Uma pesquisa da Universidade de Sidney, na Austrália sugere que crianças com menos de seis iStock_000011181239XSmallanos de idade devem passar pelo menos 10 horas por semana à luz do sol. Este é um de uma série de estudos que mostra que a exposição à luz solar é vital para a saúde visual das crianças, que reduz profundamente o risco de miopia. Sem luz solar, os olhos se desenvolvem de forma oval em vez de uma forma arredondada.

Um dos pesquisadores também observou que “a prevenção da miopia é importante para a saúde dos olhos no futuro, pois até mesmo os baixos níveis desta condição o colocará em maior risco de cataratas e glaucoma na fase adulta.” Esta é uma declaração importante, já que muitos médicos acreditam que a exposição à luz solar leva a catarata e outras doenças oculares.

Este é um excelente artigo e contradiz a ideia de que a exposição ao sol seja prejudicial para as crianças.

Referências

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte SunlightInstitute.org

Leia também:

Vitamina D melhora drasticamente a visão em idosos

Deficiência de vitamina D é prevalente em muitas nações ocidentais atualmente e é visaoresponsável por causar uma epidemia de doenças que afetam quase todos os aspectos da saúde humana. Até mesmo uma boa visão depende de adequada ingestão de vitamina D, verifica-se, como ilustrado por um estudo recente que encontrou uma ligação definitiva entre o aumento de vitamina D e a melhora da acuidade visual em idosos.

Pesquisadores da University College London (UCL) no Reino Unido fizeram esta descoberta recentemente depois de revisar a literatura anterior sobre os benefícios da vitamina D em reduzir e até eliminar as placas amilóides no cérebro associadas com a doença de Alzheimer. Eles levantaram a hipótese de que talvez a vitamina D também pudesse eliminar as moléculas tóxicas responsáveis pela degeneração macular.

Em testes, esta hipótese foi confirmada quando os pesquisadores administraram doses nominais de vitamina D em ratos fêmeas de um ano de idade. Depois de ser injetada a cada três dias com uma solução contendo óleo de cártamo e cerca de 0,9 microgramas (mcg), ou aproximadamente 40 unidades internacionais (IU), de vitamina D durante seis semanas, ou o equivalente a aproximadamente 5,75 anos humanos, os ratos experimentaram uma melhora considerável.

Testes de acompanhamento realizados no final do período de seis semanas descobriram que ratos que foram dados a solução de vitamina, em oposição ao placebo de somente óleo, tinham um número reduzido de macrófagos causadores de inflamações em seu sistema. Depósitos de beta-amilóide, uma toxina degenerativa que pode prejudicar a visão, também foram menores em consequência da vitamina D.

Uma vez que a beta-amilóide também está associada com a doença de Alzheimer e a doenças do coração, os benefícios globais do aumento da ingestão de vitamina D também podem ajudar a prevenir numerosas outras doenças, mesmo em doses muito mais baixas do que as que seriam consideradas terapêuticas. Suplementar diariamente com doses terapêuticas de vitamina D, em outras palavras, é “um caminho muito simples e eficaz para limitar a progressão da doença”, escreveram os autores em seu estudo, que foi publicado na revista Neurobiology and Aging.

“Esta pesquisa mostra como o estudo atento de uma parte específica do corpo pode levar os cientistas a descobrirem um novo conhecimento que é mais amplamente aplicável”, explicou o professor Douglas Kell, Chefe do Executivo da Biotechnology and Biological Sciences Research Council (BBSRC), que ajudou a financiar o estudo. “Ao estudar a biologia fundamental de um órgão cientistas podem começar a extrair as ligações entre uma série de doenças, na esperança de desenvolver estratégias preventivas.”

Um estudo publicado na revista Archives of Ophthalmology em 2011 fez observações semelhantes, tendo estabelecido que pessoas com altos níveis de vitamina D no sangue eram muito menos propensas a sofrerem de degeneração macular relacionada à idade.Pesquisadores notaram que níveis mais elevados de vitamina D foram associados à um risco reduzido de 60 por cento da perda da visão.

Referências:

Tradução Vitamina D – Brasil

Fonte NaturalNews.com

** Se você gostou deste post, por favor considere “curtir” a página Vitamina D – Brasil no Facebook. Participe também do nosso grupo no Facebook.

Leia também: